LinkedIn acelera sua recolocação no mercado

Especialista em marketing digital, Fábio Ricotta ensina como ter sucesso usando a rede social menos explorada para resultados pessoais
Principal referência quando o assunto é destacar-se profissionalmente e encontrar oportunidades – de emprego ou negócios, o LinkedIn é relativamente pouco explorado como rede social na busca por resultados, conforme explica o especialista em marketing digital Fábio Ricotta.

Nessa rede, é possível incluir o perfil profissional, listando as habilidades, atividade atual, empresas pelas quais passou, além de cursos e treinamentos já realizados. O empresário explica porque a rede social é uma ótima ferramenta para buscar recolocação no mercado de trabalho, e destaca os 3 passos necessários para  destacar no LinkedIn.

1- Use a estratégia de conexãolinkedin-dicas

Quando o usuário se conecta a alguém no LinkedIn, ele passa a ter acesso a algumas informações sobre a pessoa. “Em alguns casos, é possível ter acesso ao e-mail e até mesmo ao telefone, e essa pode ser uma boa oportunidade de conseguir um contato direto com a pessoa e também pode ser uma boa estratégia de prospecção”, conta o especialista. Ricotta ensina que, caso a rede social ainda não seja um hábito, ela deve ser incluída no radar. “Mantenha-se ativo dentro da rede social, e então sempre que as pessoas interagirem com você, as conexões dela também receberão notificações, e isso pode ser uma ótima oportunidade para se conectar a ainda mais pessoas”, destaca o empresário, que reforça que, no LinkedIn, você não adiciona amigos, diferente do Facebook, por exemplo.

2- Participe das comunidades da rede social

Assim como no Facebook existem os grupos, no LinkedIn existem as comunidades. Como o foco da rede é discutir mais assuntos relacionados a carreiras e negócios, a maioria das comunidades tratam de assuntos relacionados a trabalho. “Nessa rede social não é comum ver pessoas discutindo sobre assuntos supérfluos. Minha recomendação é que você comece a participar dessas comunidades do LinkedIn e passe a observar o que as pessoas discutem”. Observar os tópicos que geram mais engajamento e em momentos oportunos, compartilhar conteúdos, sempre no sentido de ajudar alguém com algum tema ou questão ou pedindo um feedback sobre algum material produzido são alguns conselhos do especialista. “Nunca faça SPAM e nunca seja aquele cara chato que a todo momento fica compartilhando links. Em outras palavras, utilize as comunidades de forma inteligente.”

3 - Publicação de conteúdo

Embora pareça uma estratégia melhor para empresas, é possível até mesmo para perfis de profissionais utilizar a rede social para publicar conteúdos relevantes. “Conteúdos sobre gestão e produtividade são muito bem aceitos dentro do LinkedIn”, explica Ricotta, que sugere acessar as comunidades e grupos para ver o que as pessoas estão discutindo. “Anote o que estão debatendo e quais publicações estão sendo mais curtidas, para então começar a participar e publicar alguns artigos”, ensina. Ricotta também ensina que vale a pena usar as comunidades para pedir opiniões e ideias para artigos e vídeos, por exemplo. “Responda às perguntas das pessoas e peça sugestão de como você pode continuar os assuntos”, explica

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn